Ir para Newsletter Informativa bimensal da CNE
Ir para Resultados Eleitorais - área com quadros e mapas geográficos
Ir para Perguntas Frequentes organizadas por Tema / Eleição
Consulte a CNE, apresente queixa, peça esclarecimentos ou documentação

Partido Comunista de Portugal (Marxista-Leninista)

Denominação: 
Partido Comunista de Portugal (Marxista-Leninista)
Sigla: 
PCP (ML)

A sua origem remonta a 1956 quando se dá uma cisão no PCP. Alguns participantes desta cisão juntam-se a outros elementos de orientação marxista-leninista e criam em 1964 a Frente de Acção Popular e poucos meses depois o Comité Marxista-Leninista Português, que durou até 1970, data em que se formou o PCP (ML). A instauração de uma ditadura do proletariado e a salvaguarda da independência nacional são os seus objetivos primordiais.

Não querendo revelar quais os nomes dos seus militantes ao Supremo Tribunal de Justiça, não é admitido a concorrer às eleições para a Assembleia Constituinte. Inscreve-se oficialmente no Supremo Tribunal de Justiça em 26/03/1976. "Unidade Popular" era uma publicação sua. Não obstante não se encontrar formalmente extinto o partido não desenvolve qualquer atividade política.